“Confesso que até hoje só conheci dois sinônimos perfeitos: Nunca e Sempre”Mário Quintana